kaballah vai começar

Kaballah comemora, seus 10 anos em altíssimo nível.

Felguk é confirmado no Lollapalooza Brasil 2013

Se Gui Boratto, não vem! Felguk vem no seu lugar, formado pelos produtores musicais Felipe Lozinsky e Gustavo Rozenthal. Com presença marcante nos maiores festivais do mundo, o Felguk já fez remixes para nomes consagrados como Black Eyed Peas, David Guetta e Madonna.

Programa Ibermedia abre inscrições para solicitações de apoio

Criado em 1997 e ratificado por 18 países, que financiam o programa, o Fundo de Apoio Ibermedia faz parte da política audiovisual da Conferência de Autoridades Cinematográficas Ibero-americanas (CACI), da qual a Agência Nacional do Cinema (Ancine) faz parte, representando o Brasil.

01/03/13

Velhas Virgens pela primera vez em Cuiabá


 
Pela primeira vez em Cuiabá, a banda Velhas Virgens é a atração principal do festival, Março Grosso, realizado pela nova (Nem tão) produtora de Eventos, a banda traz a nossa amigável cidade o show de comemoração do CD, "Vocês não sabem como é bom aqui dentro!!"  entre clássicos do CD, e músicas novas a festa promete ser memorável.
Luck (Pança de Mamute) é atualmente o cara da vez, dentre trabalhos arriscados este show crava um marco para o movimento alternativo musical de nossa cidade, já que Velhas Virgens influenciou muitas bandas e amantes da boa e velha roqueria. Roqueiros de plantão a data já esta marcada, a banda já esta animada, o cenário já foi escolhido agora é só esperar.
Além dos Velhas Virgens ainda completam a festa as bandas:  Esmalthes (Cuiabá), Billy Brown e o incrível Magro de bigodes (Cuiabá), Boneca Inflável (DF) e Branco ou Tinto (Cuiabá). Além do show ainda rola uma After Party com Dj Spinha.
Informações:
DIA 28 DE MARÇO (Quinta)
CHÁCARA PARAISO ( Próximo ao Hotel Fazendo Mato-Grosso)
Pontos de venda: Butteko | Cult Wear | Conveniência do Boa | Canelas Bar
Realização: PANÇA DE MAMUTE PRODUÇÕES X
DÚVIDAS: 9303-7080 OU 8412-8823
 
 
 

09/02/13

Produção Cultural no Brasil.

 

Baixe os 5 volumes do livro Produção Cultural no Brasil

Cada um dos 101 participantes do projeto Produção Cultural no Brasil foram entrevistados duas vezes. A segunda entrevista rendeu um vídeo (veja todos neste link) e esta plataforma multimídia. A primeira entrevista, mais longa e com foco aprofundado nas experiências e memórias de cada trabalhador da cultura, deu origem a cinco livros de entrevistas.

As entrevistas contidas na obra “Produção Cultural no Brasil” estão a partir de hoje disponíveis para download gratuito em licença Creative Commons 3.0, assim como a trilha sonora e todos os demais conteúdos do site. Este material que você lerá foi editado de maneira colaborativa por toda a equipe do Produção Cultural no Brasil, com coordenação de Roberto Taddei e Aloisio Milani.

Baixe e leia as entrevistas:

LIVRO 1 (zip)

André Midani, executivo da indústria fonográfica – entrevista (pdf) | vídeo
Sergipe, catering de cinema – entrevista (pdf) | vídeo
Yacoff Sarkovas, presidente da Articultura e da Significa– entrevista (pdf) | vídeo
Fernando Faro, criador do Ensaio, da TV Cultura – entrevista (pdf) | vídeo
Ruy Cezar, fundador da Casa Via Magia – entrevista (pdf) | vídeo
Toninho Mendes, editor e criador da Circo Editorial – entrevista (pdf) | vídeo
José Celso Martinez Corrêa, diretor do Teatro Oficina – entrevista (pdf) | vídeo
Nelson Motta, produtor musical – entrevista (pdf) | vídeo
Heloísa Buarque de Hollanda, escritora e crítica literária – entrevista (pdf) | vídeo
Fátima Toledo, preparadora de elenco – entrevista (pdf) | vídeo
Sérgio Rodrigues, designer de móveis – entrevista (pdf) | vídeo
MC Leonardo, MC – entrevista (pdf) | vídeo
GOG, rapper – entrevista (pdf) | vídeo
Marcelino Freire, escritor e agitador cultural – entrevista (pdf) | vídeo
Adhemar Oliveira, fundador da rede Espaço de Cinema – entrevista (pdf) | vídeo
Leandro Knopfholz, diretor do Festival de Curitiba – entrevista (pdf) | vídeo
Chacal, músico e poeta– entrevista (pdf) | vídeo
Ana Toni, diretora da Fundação Ford no Brasil – entrevista (pdf) | vídeo
Aroldo Pedrosa, compositor e agitador cultural – entrevista (pdf) | vídeo
Thomaz Farkas, fotógrafo – entrevista (pdf) | vídeo

LIVRO 2 (zip)

Sérgio Vaz, poeta e fundador da Cooperifa – entrevista (pdf) | vídeo
Antonio Albino Rubim, pesquisador de políticas culturais – entrevista (pdf) | vídeo
Rui do Carmo, poeta do Mov. Literário Extremo Norte – entrevista (pdf) | vídeo
Inezita Barroso, cantora e apresentadora de TV – entrevista (pdf) | vídeo
Gilberto Freyre Neto, coord. da Fundação Gilberto Freyre – entrevista (pdf) | vídeo
Luciana Tomasi, da Casa de Cinema de Porto Alegre – entrevista (pdf) | vídeo
Gilda Mattoso, assessora de imprensa – entrevista (pdf) | vídeo
Cao Guimarães, artista plástico, cineasta e fotógrafo – entrevista (pdf) | vídeo
Luiz Calanca, dono da loja de discos Baratos Afins – entrevista (pdf) | vídeo
Ivaldo Bertazzo, coreógrafo – entrevista (pdf) | vídeo
Maurício de Sousa, empresário e criador da Turma da Mônica – entrevista (pdf) | vídeo
Danilo Miranda, diretor regional do SESC-SP – entrevista (pdf) | vídeo
Manoel Salustiano, dirigente do Maracatu Piaba de Ouro – entrevista (pdf) | vídeo
Kim Marques, cantor do movimento tecnobrega – entrevista (pdf) | vídeo
Phillippe Arruda, produtor executivo da Animaking – entrevista (pdf) | vídeo
Moraes Moreira, cantor e compositor – entrevista (pdf) | vídeo
Ivam Cabral, fundador de Os Satyros – entrevista (pdf) | vídeo
João Batista Ribeiro Filho, ex-secretário de Cultura do Maranhão – entrevista (pdf) | vídeo
Carlos Dowling, pres. da Ass. de Documentaristas (PB) – entrevista (pdf) | vídeo
Luiz Carlos Barreto, produtor de cinema – entrevista (pdf) | vídeo

LIVRO 3 (zip)

Paulo Borges, produtor de moda – entrevista (pdf) | vídeo
Diva Pacheco, atriz da Paixão de Cristo – entrevista (pdf) | vídeo
Décio Coutinho, gestor cultural do Sebrae-GO – entrevista (pdf) | vídeo
Paulo Barros, carnavalesco – entrevista (pdf) | vídeo
Hermínio Bello de Carvalho, produtor musical e poeta – entrevista (pdf) | vídeo
Valéria Cordeiro, da Feira de Música de Fortaleza – entrevista (pdf) | vídeo
Flora Gil, diretora da Gegê Produções – entrevista (pdf) | vídeo
Kiko Farkas, designer gráfico – entrevista (pdf) | vídeo
David Linhares, diretor da Bienal de Dança do Ceará – entrevista (pdf) | vídeo
Claudio Prado, coord. do Lab. Bras. de Cultural Digital – entrevista (pdf) | vídeo
Pablo Capilé, articulador do Circuito Fora do Eixo – entrevista (pdf) | vídeo
Gérald Perret, presidente da Sociedade Cultura Artística – entrevista (pdf) | vídeo
Tânia Rösing, da Jornada de Literatura de Passo Fundo – entrevista (pdf) | vídeo
Florence White, restauradora de obras de arte – entrevista (pdf) | vídeo
Melina Hickson, diretora e produtora do Porto Musical – entrevista (pdf) | vídeo
Lárcio Benedetti, consultor de patrocínios culturais – entrevista (pdf) | vídeo
Maria Arlete Gonçalves, diretora de cultura do Oi Futuro – entrevista (pdf) | vídeo
Regina Barbosa, escritora e fundadora da ONG Ideário – entrevista (pdf) | vídeo
Hugo Possolo, ator e diretor do grupo Parlapatões – entrevista (pdf) | vídeo
Tindaro Silvano, coreógrafo – entrevista (pdf) | vídeo

LIVRO 4 (zip)

Paulo Henriques Britto, poeta e tradutor – entrevista (pdf) | vídeo
Mileide Flores, livreira e agitadora cultural – entrevista (pdf) | vídeo
Luciane Gorgulho, chefe do Dep. de Cultura, Entretenimento e Turismo do BNDES – entrevista (pdf) | vídeo
Geber Ramalho, membro do Porto Digital e professor de Entretenimento Digital da UFPE – entrevista (pdf) | vídeo
Heitor Martins, presidente da Fundação Bienal de São Paulo – entrevista (pdf) | vídeo
Rui Campos, fundador da Livraria da Travessa – entrevista (pdf) | vídeo
Fernando Yamamoto, fundador e diretor da Cia Clowns de Shakespeare – entrevista (pdf) | vídeo
Allen Roscoe, executor de esculturas – entrevista (pdf) | vídeo
Fabrício Ofuji, produtor da banda Móveis Coloniais de Acaju – entrevista (pdf) | vídeo
Fábio Coutinho, superintendente da Fundação Iberê Camargo – entrevista (pdf) | vídeo
Cláudia Leitão, secretária de Economia Criativa do MinC (2011-) – entrevista (pdf) | vídeo
Francisco Weffort, ministro da Cultura (1995-2002) – entrevista (pdf) | vídeo
Gilberto Gil, ministro da Cultura (2003-2008) – entrevista (pdf) | vídeo
Eliane Costa, gerente de patrocínios da Petrobras – entrevista (pdf) | vídeo
John Neschling, maestro e diretor da Cia Brasileira de Ópera – entrevista (pdf) | vídeo
Gil Santos, coord. técnico do Centro Coreográfico do Rio de Janeiro – entrevista (pdf) | vídeo
José Luiz Herência, secretário de Políticas Culturais do MinC (2009-2010) – entrevista (pdf) | vídeo
Jochen Volz, curador artístico do Instituto Inhotim – entrevista (pdf) | vídeo
Vincent Carelli, documentarista e diretor da ONG Vídeo nas Aldeias – entrevista (pdf) | vídeo
Edu Brandão, sócio-proprietário da Galeria Vermelho – entrevista (pdf) | vídeo

LIVRO 5 (zip)

Bruna Christófaro,coreógrafa e diretora de arte – entrevista (pdf) | vídeo
Alfredo Manevy, secretário-executivo do Ministério da Cultura (2008-2010) – entrevista (pdf) | vídeo
Carlos Augusto Calil, secretário municipal de Cultura de São Paulo – entrevista (pdf) | vídeo
João Vieira Júnior, produtor de cinema e diretor da REC Produções – entrevista (pdf) | vídeo
Sérgio de Carvalho, diretor e dramaturgo da Cia do Latão – entrevista (pdf) | vídeo
Daniel Zen, presidente da Fundação Elias Mansour e do Conselho Estadual de Cultura do Acre – entrevista (pdf) | vídeo
Márcio Botner, galerista e artista plástico – entrevista (pdf) | vídeo
Eduardo Saron, superintendente do Itaú Cultural – entrevista (pdf) | vídeo
Iatã Cannabrava, fotógrafo e produtor – entrevista (pdf) | vídeo
Márcio Meirelles, secretário de Cultura da Bahia (2007-2010) – entrevista (pdf) | vídeo
Paulo Mendonça, diretor geral do Canal Brasil – entrevista (pdf) | vídeo
Juliano George Basso, produtor do Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros – entrevista (pdf) | vídeo
Luiz Camillo Osório, crítico, professor de história da arte e atual curador do MAM-RJ – entrevista (pdf) | vídeo
José Paulo Martins, diretor do Instituto Gerdau – entrevista (pdf) | vídeo
Eduardo Tolentino, fundador e diretor do grupo Tapa – entrevista (pdf) | vídeo
Raquel Joffily Ribas, atriz, cenógrafa e aderecista – entrevista (pdf) | vídeo
Ailton Krenak, fundador da ONG Núcleo de Cultura Indígena – entrevista (pdf) | vídeo
Lúcia Riff, agente literária – entrevista (pdf) | vídeo
Vergílio Lima, luthier – entrevista (pdf) | vídeo
Juca Ferreira, ministro da Cultura (2008-2010) – entrevista (pdf) | vídeo
Roberto Smith, presidente do Banco do Nordeste do Brasil – entrevista (pdf) | vídeo

08/02/13

Oba Oba dá a dica.

Baladas que você tem que conhecer se o mundo não acabar

Pensando nisso, estamos fazendo algumas to-do-list pós fim do mundo, para aqueles que, assim como nós, acham que temos muita coisa linda para curtir. Viver é uma delícia, e se divertir é uma das coisas que mais fazem a vida valer a pena, então por que não começarmos a pensar grande e nos programar para curtir as melhores baladas caso o mundo não acabe esse ano?

Afinal, existem algumas coisas que todos temos que fazer antes de morrer. E você, o que não pode deixar de fazer antes do fim do mundo?

Londres é a principal cidade quando o assunto é música e estilo de vida, logo, é de se imaginar que uma das baladas que você não pode deixar de ir esteja lá, não é mesmo? Você provavelmente já ouviu falar da Fabric, que faz sua fama há treze anos por trazer os melhores nomes da música eletrônica para apresentações incríveis. Além disso, o diferencial deste clube é o fato de seu time de “bookers” preferir não focar somente nos DJs grandes, e ficar de olho em tudo de novo para dar oportunidades para revelações da música eletrônica mundial. Se você quiser sair para conhecer algo novo – e de qualidade -, a Fabric é o lugar certo.

Watergate é uma das baladas mais famosas de Berlim, porém ao mesmo tempo é odiada por muita gente. O motivo? São super seletivos na entrada, e muita gente pode ficar na fila durante horas e ser barrado. Os seguranças ficam de olho em quem está causando problemas na fila, está muito bêbado, ou faltando com respeito com os outros, além disso, se você for mal vestido - leia-se com roupa muito social ou brega mesmo -, também fica para fora. O que importa é ser descolado e relaxar, aí sim você está pronto para entrar em uma das melhores baladas do mundo. A vista é linda demais, com um deck gigante de frente para um rio e temperatura agradável. A bebida é barata, o som é dos mais potentes e não para por aí, as festas se estendem até 14h. O momento favorito do público é ver o sol nascer regado a muita música eletrônica. Vamos?

Se você quer ter uma experiência “like a boss”, não tem como não conferir as super festas que rolam no Ushuaïa Beach Hotel em Ibiza. Além do hotel ter uma decoração impecável, abriga as melhores festas do verão europeu. Por lá, já passaram DJs como David Guetta, Swedish House Mafia, Fatboy Slim, Deadmau5, Avicii e Calvin Harris – só para citar alguns. A vista é das mais bonitas, conta com uma super piscina e uma praia – para ninguém botar defeito. Se você estiver a fim de curtir essa chiqueria toda, se prepare para gastar bastante dinheiro, pois os preços lá são bem caros, mas com certeza valem cada centavo.

A XS fica dentro do hotel Encore, um dos mais luxuosos resorts de Las Vegas. A boa notícia é que para participar das super festas que rolam lá, você não precisa estar hospedado; é só encarar a fila e pagar o ticket - que não é dos mais caros. Por lá, sempre passam os melhores DJs de música eletrônica, como Dada Life, Knife Party, Diplo, Calvin Harris, Deadmau5 e Tiësto - só para citar alguns. É considerada uma das melhores baladas do mundo, e sua decoração é impecável e super luxuosa. O público que frequenta as festas é do mais variado, dependendo sempre da atração do dia, mas a dica é: dress to impress.

O.k, sabemos o que você está pensando. Uma das melhores baladas está no Singapura? Sim, não estamos de brincadeira. Foi considerada a melhor balada da Ásia e uma das top 10 do mundo, o ambiente é bem grande e hi-tech. O diferencial é o fato de ser a única balada do Oriente a constantemente trazer os melhores DJs da cena eletrônica. Já passaram por lá grandes nomes como 2manyDJs, Armin Van Buurer, A-Trak, Afrojack, Boys Noize e Calvin Harris. O clube já está aberto há 20 anos, fato que prova sua popularidade entre os baladeiros de plantão. Fica a dica, tá?

Se uma noite de festa para você não é o suficiente, não se preocupe, pois para muita gente também não é, e nesses casos, que tal se jogar em um dos festivais de música eletrônica mais famosos do mundo? Sim, estamos falando da Tomorrowland, que rola anualmente durante o verão europeu - mais precisamente na Bélgica – e reúne gente do mundo inteiro. Além da super estrutura e três dias de festival, a decoração é sempre um ponto alto da festa, com inspirações nos contos de fadas. Se você quer se sentir em outro mundo, comece a se programar, pois ainda há tempo.

O.K, três dias de festa para você ainda não é o suficiente? Então anote aí, pois dica como essa é difícil de encontrar. Já imaginou uma ilha em que a festa dura de cinco a seis semanas - o equivalente ao verão europeu? Sim, essa maravilha existe, e apesar de estar um pouco longe, não é impossível. Localizada na Ucrânia, o complexo fica de frente para o Mar Morto e lá é tudo diferente e quem vai, garante que a atmosfera é das mais transcendentais e psicodélicas. Além de ser a festa mais louca do mundo, você precisa comprar o visto para ser um cidadão do país fictício e não para por aí, você também pode casar, que a união será anulada no momento em que você passar a fronteira. São mais de 20 pistas e 50 mil pessoas anualmente. Já pode se programar para ir na próxima, né?

Fonte: Oba Oba

Sampa de bar novo.

Conheça os novos bares de São Paulo

O ObaOba elegeu os 6 novos bares que se destacaram em pouco tempo de casa. Tem para todos os gostos, happy hour chique, para quem gosta de pagode, sertanejo e até rock'n'roll.

O grande diferencial do recém inaugurado Tatu Bola Bar & Grelha, no Itaim, é o fato que aos sábados, resgata a essência da tradicional tarde da feijoada com samba. Além do bufê de feijoada ser delicioso e completo, seu preço não é elevado como na maioria dos bares de São Paulo. De quebra, ainda rola super apresentações de bandas tradicionais de samba, regadas a uma deliciosa caipirinha. Hum!

Se você é fã de CPM 22, com certeza ouviu falar do Cão Véio - bar do vocalista Badauí. Localizado em Pinheiros, além de funcionar como um pub com uma carta de cervejas diferenciadas, também rola almoço durante a semana – que vão de petiscos até pratos de carne, por exemplo. Com ambiente descontraído e aconchegante, o som fica por conta do gosto musical dos donos: hardcore, jazz, blues e rock’n’roll. E como o próprio nome sugere, você encontrará cães presentes na decoração do local. Cool!

O Villa Carioca Lounge Bar abriu faz pouco tempo, mas já está dando o que falar. O empreendimento do ator Caio Castro veio ao mundo para trazer grandes atrações do pagode e MPB e levar seus convidados ao delírio. Depois de sua inauguração ter sido sucesso absoluto, com ninguém menos que o Trio Ternura para iniciar os trabalhos com chave de ouro, a casa está bombando e vale a sua visita.

Se é de música sertaneja que você gosta, o lugar certo para conhecer é o Brook's Bar. Inaugurado em novembro, o novo empreendimento da dupla Marcos & Belutti já virou referência na vida noturna em São Paulo. Localizada na zonal sul, o bar sempre recebe grandes nomes e cantores promissores da música country brasileira. Aposta para 2013!

Sucesso no Rio de Janeiro, o Aconchego Carioca desembarca com tudo na região dos Jardins em São Paulo. Famoso pelo clima descontraído, o boteco foca nos melhores petiscos – que o faz tão famoso -, mas também aposta nos pratos com um toque carioca. A pedida para quem for conhecê-lo é o bolinho de feijoada ou de virado a paulista, acompanhado de uma cervejinha bem gelada. Boa pedida!

Henri Castelli decidiu atacar de empresário em 2012 e com isso, inaugurou seu primeiro bar.Dezoito & Movement é o novo hot spot do Itaim Bibi, com o foco em um happy hour requintado. Abre a partir das 18h e tem um cardápio dos bons. Que tal sair do trabalho e degustar um bom drink, ao som de música ao vivo no D&M?

Não há comentários. Seja o primeiro!